Vida breve

Que a vida é breve todo mundo sabe, só não sabemos o quão breve ela pode ser. Abreviar, reduzir, resumir, de repente, a vida, o destino, a história, seja lá quem for, nos prega uma peça e como numa novela de Manoel Carlos vemos o mundo virar de cabeça pra baixo. É fato, nenhum de nós está livre de sofrer desses males, a suposta estabilidade se abala sem aviso prévio, muda nossa vida financeira, nossa saúde, nosso status, a própria vida pode simplesmente resolver que acabou nosso tempo sem questionar se já fizemos tudo que planejamos.

Por essas e outras, cabe a cada um decidir como deve viver sua vida, mas se tem um mandamento que deveria ser universal é “aproveite ao máximo sua estadia por aqui”. Portanto, se você tem algum dinheiro no bolso não se prive de comer num bom restaurante ou de comprar algo que lhe dará algum prazer,  se tem vontade de ligar para alguém faça isso hoje, diga o que lhe vier a cabeça, mesmo que seja apenas um “oi”. Se é uma faculdade ou um curso de fotografia que lhe fará feliz, inscreva-se, se prefere experimentar uma noite numa boate de swingue com seu namorado(a) , ouse, se fica pensando em nadar pelado numa praia, desde que você não agrida ninguém, tá tudo certo. Se há na sua agenda um momento em que você pode escapar do mundo e dos compromissos e se enfiar em algum lugar diferente, fazendo coisas que ninguém imagina ou precisa saber que você fez, então faça.

Respeite seu corpo, seus sentimentos e suas vontades. Viva de forma digna sem magoar ou atingir as pessoas que você gosta voluntariamente, mas não confunda respeito, carinho e cumplicidade com anulação. Você não precisa se anular para fazer ninguém feliz. Pode até ser que dessa forma você faça muitas pessoas felizes, praticamente todas ao seu redor estarão felizes se você se mantiver na suposta linha da prudência, das regras da sociedade, se você jamais ousar viver ou experimentar coisas que lhe provocam nos sonhos, nos pensamentos e no cotidiano. Todos ficarão felizes se você se comportar direitinho, se não concluir que a vida é breve e que o tempo não costuma nos perdoar por vacilos e prazeres que deixamos de viver. Todos ficarão felizes se você continuar dizendo pra si mesmo “eu queria tanto, mas não posso”, todo ficarão felizes, exceto uma pessoa. 

Foto: Viktor Ivanovski

Anúncios

5 comentários sobre “Vida breve

  1. Exceto EU… hehehe…
    Lindo texto Sall…

    Eu sempre penso no fim da vida, as vezes fico até triste… Pq passamos por tanta coisa pra depois acabar…
    Mas, o ponto é não pensar no fim, mas sim no agora!!!

    E VAMOS VIVER!!!

    Beijo Grande!!!

  2. Descobri seu blog ontem e tive o prazer de ler textos incríveis.

    Vida breve … as vzs não pensamos na vida assim, por mais que vejamos o tempo voar. Concordo que devemos aproveitar a vida sempre com respeito ao próximo e a sí mesmo e que não devemos nos anular. Ja passei por algumas anulações e me arrependo mto, mas é a vida, a gente aprende com erros.

    Parabéns pelo blog e prazer, sou sua mais nova leitora!!!

    Abraços e ótima semana!! =D

  3. Esse é o atual momento que estou passando, descobri que tenho uma doença terminal, que virou minha vida de “pernas para ar”, afetando todos meus planos atuais e futuros! Endosso o que foi escrito, mas as vezes não conseguimos agradar e respeitar a todos, pois a sociedade cria regras, algumas hipocritas, e a gente deixa de fazer o que gosta ou de amar alguém por “medo” do que as pessoas vão pensar, julgar e condenar! Gostei muito do texto e reforço que a anulação é a pior coisa que existe, pois se você não for feliz consigo mesmo como consiguirá fazer alguém feliz? Parabéns….

  4. Sergio,

    Num sei se posso escrever pra vôcê aqui no blog, mas, vo escrever mesmo assim.
    Na minha família, tb teve uma pessoa que passou pelo mesmo momento que você está passando, mas, saiba de uma coisa, não importa as regras da sociedade, faça o que você gosta, aproveite a vida da sua forma, não deixe que oq esta acontecendo te anule, assuma e aproveite o que tem por aí. Não se esconda do mundo ou das pessoas e … se ame muito, porque a pessoa mais importante para nós, somos nós mesmos!

    Forte abraço!

  5. è fácil dizer tudo isso, assuma, faça, não ligue para as regras ou o que vão pensar ou te criticar, será que é assim mesmo? Será que magoas pessoas que te amam de verdade para viver seu momento é a coisa certa? Será que destruir quem te ama só para viver momentos que vc acha ser o ideal te fará feliz? Não se anular e fazer sofrer pessoas será está a felicidade???

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s