Disritmia

Era um domingo de muito sol e foi numa cidade do interior de São Paulo que realizei um sonho antigo, pulei de paraquedas! Sobre o salto não tem muito o que dizer, eu achei sensacional, me diverti bastante, fizemos algumas fotos, como essa que ilustra o post,  gravamos e ficou um vídeo muito bacana, talvez em breve no youtube, mas o que todos perguntam quando eu comento que saltei é  “mas  e aí, num dá um frio na barriga?”.

Por incrível que pareça, a resposta é não. Realmente não senti nada além de adrenalina pura. Nessa vida tem coisas que alteram muito mais o ritmo do meu coração, às vezes ele é pego de surpresa por emoções adormecidas, noutras ele pressente que posso estar perdendo algo valioso, perdendo pessoas que quero ter ao meu lado ou oportunidades que a vida apresenta, ele acelera quando uma novidade se apresenta, quando uma situação exige que eu saia de uma certa zona de conforto, quando percebo que posso não estar sendo justo com uma pessoa, quando não sou sincero comigo mesmo, acelera quando a vida pede que eu tome uma atitude, uma decisão, um rumo, aí sim vem um friozinho na barriga.

Meu coração anda muito disparado nos últimos tempos, mas sempre em terra firme, portanto, acho que preciso continuar saltando de paraquedas para mantê-lo calminho, calminho.

Boas vibrações!

Anúncios

7 comentários sobre “Disritmia

  1. Por que não colocou a foto do seu salto? Só porque o rosto fica todo deformado? rs
    Morro de medo de pular, mas dizem que é muito bom.
    Ultimamente meu coração só acelera quando fico nervosa, estou um stress em pessoo… To precisando de um samba pra me acalmar… 🙂
    Beijos com saudades!
    Carol.

  2. Nossa Sall que coragem, jamais faria isso, tenho medo até de “roda-gigante” rs…
    Parabéns pela coragem, não só de pular, mas principalmente por ir atrás de um sonho. Tem tanto sonho que a gente deixa passar, não é verdade? Tanta coisa que queremos muito fazer, que faria um bem enorme para nossa alma, mas deixamos o tempo apagar, muitas vezes pela correria do dia-a-dia, ou por falta de coragem de dar o primeiro passo, mas deixamos a vontade adormecer e um dia pode ser tarde demais para tentar realizar!
    Não quero imaginar o que deve ser pular, afinal só de imaginar sinto o tal frio na barriga, mas posso imaginar a sensação maravilhosa de realização, e desejo que você possa sentir isso todos os dias de sua vida, você merece.
    Mantenha calmo esse coração….rsrs
    Fica com Deus!!!
    Bjinhos….

  3. Logo vi pela cabeleira do moço que não era você…hahahaha
    Pular de paraquedas é fantástico, um sonho que ainda tb irei realizar.
    E concordo que realmente há coisas que apavoram muito mais, que não só esfriam, mas congelam a barriga. rsrs

    Beijo

  4. Sentir o nosso coração disparar por diversas vezes e em vários momentos do nosso dia a dia não é o preocupante anjo, o importante é o coração disparar de emoções para o que realmente valha a pena. Como saber o que vale a pena? É humanamente impossível…mas vale uma dica: na dúvida, arrisque…arrisque sempre sempre e sempre principalmente porque quando o coração dá sinais de emoções inesperadas é porque algo de bom e maravilhoso pode surpreender-te, portanto se o caoração palpitar porque estás na dúvida se deverias dizer áquela pessoa o quanto ela é importante para a sua vida não á perca procure-a e pergunte. Se o seu coração dispara quando você pensa naquela pessoa que você tenta entender porque ela não está com você e mesmo assim você não encontra e resposta, liga e pergunta o que a impede de ficar contigo…a vida é assim o importante é viver cada segundo como se fosse o último.

    Te gosto de montão!

    Beijos no coração!

  5. É…. Neste momento estou sentindo, e muito esse frio na barriga e a cada dia mais intenso e o pior totalmente platônico, mas com uma grande certeza que ele sinta o mesmo. ” O OLHAR NÃO MENTE”
    E O MELHOR DE TUDO É QUE FAZIA MUITO TEMPO QUE ESSE SENTIMENTO NÃO A FLORAVA EM MIM. E POR INCRIVEL QUE ISSO PAREÇA EU ESTOU AMANDO SENTIR ESSE SENTIMENTO DE NOVO.HEHEHEHEHE ESTOU VIVA. É TÃO BOM TE OLHAR E AQUELA VONTADE DE ESTAR JUNTINHO, AGARRADINHO, FALANDO PALAVRINHAS GOSTOSA NO SEU OUVINDO, HAHAHAHAH QUE VONTADE QUE DÁ DE ESTAR COM ….
    E FICA AQUI REGISTRADO O MEU RECADO – UM PINGO NO I É LETRA… BEIJOS

  6. Ola Sall, não sei em que escola saltou, mas essa imagem é de um salto duplo feito pela minha escola e o instrutor e meu marido kkkkk
    Bons Saltos
    A Queda Livre fica em Boituva -SP

    Bjão
    Renata

    • Olá!
      Muito obrigado pela sua visita e seu comentário. A foto que utilizei eu peguei nanet, mas eu tbm saltei em Boituva com a equipe do Sombra, que foi muito atencioso e profissional.
      Parabéns à todos vocês por esse trabalho maravilhoso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s