Velhas cartas

cartas

 

Abro a caixa postal digital quase todos os dias e sempre espero que apareça por lá um e-mail vindo de algum remetente especial, alguém de quem eu espero receber notícias, confissões, desabafos ou um simples “oi”, e às vezes demora demais para aparecer uma mensagem pessoal e intransferível, daquelas que se quer guardar para sempre no coração. São milhares de propagandas, convites de festas e baladas, produtos em promoção e mil outras coisas, e independentemente do conteúdo, todas são iguais, têm sempre a mesma fonte arial ou verdana, uma letra padronizada que nunca me deixa fazer um estudo adequado da caligrafia de quem se lembrou de mim.

.

Não é nostalgia, eu adoro tecnologia, e-mail, internet, celular, tudo, mas sinto saudade das boas e velhas cartas escritas à mão. Eu conseguia imaginar a pessoa dedicando algumas horas sentada na cama ou apoiada numa mesa da cozinha, ali eu podia ver o carinho dedicado para se desenhar o “S” do meu apelido, um jeito diferente de se escrever “amor” já trazia o som exato ao pé do meu ouvido, as curvas simpáticas e sedutoras numa palavra simples como “caracol” podiam me deixar apreciando a mesma carta por horas, e em cada linha eu podia ver a mão, o cuidado e a concentração de quem resolvera se lembrar de mim. Em algumas ocasiões um perfume era sutilmente utilizado para finalizar a cartinha que seria enviada pelo correio ou deixada embaixo da porta lá de casa, e o meu coração simplesmente se enchia de alegria quando encontrava na caixinha uma carta de verdade, escrita à mão e transbordando sentimentos.

.

Enfim, não tem jeito, os tempos são modernos e adoro ser lembrado por e-mail, scraps e afins, o coração sempre palpita, mas nada jamais substituirá a emoção de um amor recebido através das boas e velhas cartas.

.

Sempre que puder, escreva as suas!

Boas vibrações!

Anúncios

5 comentários sobre “Velhas cartas

  1. Nossa EU AMO CARTAS!! Principalmente de amigos… Certa vez (há uns 14 anos…) meu endereço saiu numa dessas revistas de adolescentes, sabe? Nossa!! Fiz muitos amigos, recebi carta de muita gente e até hoje tenho 2 grandes amigas… Contato hoje só via orkut, mas tenho todas as cartas guardadas… Sempre que pego pra jogar as coisas velhas fora, olho… olho… olho… mas não consigo me desfazer das minhas cartinhas… Beijo Grande!!!!

  2. Até um tempo atrás trocava cartas com uma amiga minha, nós estávamos na oitava série e ela teve que sair do colégio onde estudavamos pois passou na Federal!Nós não perdemos o contato, trocavamos carta todo mês. Adorava!!! Ficava esperando o carteiro na rua de tanta ansiedade que tinha em receber a carta… aí chegou a era do orkut e nós nos acomodamos e nunca mais trocamos.Mas ainda prefiro a carta, afinal como ela vai contar sobre a vida dela em um recado né?rs
    Fica com Deus Sall

    Bjo!!!

  3. Há anos eu não recebo uma carta dessas. Mandei uma carta longa ano retrasado, mas foi digitada, nada de letra natural, nada de nada. Acho que a era digital permite a gente corrigir, pensar, repensar, sem o destinatário saber que erramos ali, que pensamos em escrever outra palavra, mas a substituimos. São impossíveis de serem dispensadas, guardam mais que palavras, guardam momentos, lágrimas, risos…rs
    Ainda existe agência do Correio? Hahahaha.
    Beijoka

  4. Eu amo escrever cartas … e sinto falta depois do advento do e-mail, mas como cartas demoram a chegar as notícias ficam velhas … entretanto qdo o assunto é afeto, carinho e amizade, nunca o tempo é medida e é sempre bom mandar ou receber uma cartinha cheia de carinho e atenção.

    bjs
    😉
    adorei o assunto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s